Efeito Summer.

Como já dizia o ditado, existem dois tipos de pessoas no mundo.. homens e mulheres.
Mas de tempos em tempos aparecem pessoas cuja a habilidade de impressionar ultrapassa
a capacidade de resistir. Talvez não por seus olhos amendrotadores que não esperam para ver a hora de te destruir, talvez não por seus sentimentos calejados naquilo que insistimos ser a salvação da humanidade e muito menos na sua inocência romântica.
Pessoas assim conseguem apartamentos por um valor 9,2%, o que intriga analistas do mercado… mas vamos deixar passar.
Efeito distração, um nome melhor para o que pode ser nomeado a você.
Sinceridade entre nós? Você não é nada. Não tem nada, e sabe que não tem (talvez seja o motivo para o citado anteriormente) Não tem olhos bonitos, que paralisam e te fazem esquecer o que realmente você… é. Olhos que te fazem querer gritar de ódio, ódio de olhar para eles, alí, naquela noite, naquela noite tão nada. Olhos castanhos, castanhos da cor
da tespestade, uma tespestade, convenhamos, entranha, estranha como um amigo e inimigo quando fazem as pazes.
Ser realistas, certo?
Seu sorriso é como o de qualquer outra pessoa. É frágil quando tocado, ele voa, voa e arrasta, como uma velha promessa que
faz de tudo para fingir que não existe. É nostalgico, mas não encare isso como uma coisa boa, o passado é um homem famoso por machucar e não seria diferente aqui, mas não sei…  parece que os pontos se invertem as vezes. É gentil, doce e suave… NÃO! Não fique feliz por isso.
Coerentes sempre.
Sua maneira de ser não me impressiona. É cativante e anima, traz medo e coragem… e percebe-se que, de alguma maneira, você adora sentir esse poder nas suas mãos. É simples, como se não devesse ser outra coisa, como se não pertecesse a outro momento, se não sob aquele olhar, tão invisível que as vezes acho que ele não existe.
Mas, o que caracteriza o efeito Summer, é a inexplicável maneira de quebrar.
Sinceramente, não sei o que vi em você, mas seus olhares me atormentam e me dão medo, medo de um dia olhar para eles.

 

Enquanto isso, pinte minha vida com o caos do problema.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s